Pablo Roniere fala sobre o papel da fotografia na Região Amazônica.

Atualizado: 9 de ago.



A região amazônica é rica em elementos regionais que ajudam a fazer a diferença na criação de fotografias únicas

O fotógrafo Pablo Roniere contou para a FHOX um pouco de sua visão sobre fotografia, tecnologia e mostrando seu trabalho no Amazonas. Para Pablo Roniere, é importante salientar que a tecnologia veio para facilitar e mas não tornou o fotógrafo dispensável: ” É um pouco mais complicado na nossa região o acesso às tecnologias da fotografia, visto que a questão logística acaba dificultando porém existe muita diferença entre uma imagem e uma fotografia. As tecnologias atuais não mudam a essência e o olhar da fotografia




Pablo Roniere também explica como que a tecnologia é capaz de tornar a fotografia algo de fácil acesso: ” A fotografia digital tomou o lugar dos processos da revelação química, que era realizada em um difícil ambiente, de luz a produtos químicos.


Nos dias atuais através da tecnologia, que nos permite cada vez mais melhorar a qualidade, aumentar a resolução e a realidade de cor das fotos, potencializado com sistemas de edição e agilizando todo o processo desde a concepção até a entrega do material fotográfico. Inclusive a entrega dos dias atuais através da nuvem torna muito mais fácil e global o acesso aos conteúdos.


Fotografia de casamento no Norte do País

No Brasil por dia são realizados mais de dois mil casamentos, e o nível da fotografia de casamento na região amazônica também é altíssimo e não apenas em grandes cidades como Belém e Manaus, mas também no interior dos estados conseguimos apreciar casamentos grandiosos e com uma qualidade a nível nacional.








5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo